BatteryHub a melhor aplicação para melhorar o desempenho da bateria

Um grupo de investigadores portugueses desenvolveu uma aplicação que ajuda a economizar a bateria dos smartphones Android. Recolhe dados que permitem criar padrões de consumo energético.

BatteryHub é uma aplicação que lhe vai permitir poupar bateria no telemóvel, oferecendo pequenos truques e dicas. Foi criada por uma equipa de investigadores portugueses e permite estabelecer padrões de consumo energético dos utilizadores de smartphones.

Os portugueses continuam a dar cartas na área das aplicações e, desta vez, criaram uma que vai dar muito jeito aos utilizadores mais viciados nos telemóveis. A BatteryHub vai oferecer um conjunto de informações para melhor gerir o consumo energético da bateria.Criada por um grupo de investigadores da Universidade de Coimbra, da Universidade da Beira Interior e da Universidade Federal de Pernambuco, a aplicação surge inserida no projeto GreenHubque consiste numa plataforma para análise do consumo energético de dispositivos Android.

BatteryHub fornece ao utilizador um “conjunto de informações úteis em tempo-real sobre diversos campos, nomeadamente o estado da bateria, temperatura, voltagem, mas também detalhes sobre a rede e memória, etc. Por seu turno, a informação recolhida é posteriormente enviada (de forma anónima) para a plataforma do GreenHub na cloud, com a finalidade de fornecer elementos para análise”, explica ao ECO Hugo Matalonga, fundador da aplicação. Mas, a app em si não poupa bateria, dá apenas informações ao utilizador sobre a melhor forma de o fazer, avisa.

A ideia de criar a BatteryHub surgiu na altura em que Hugo teve de encontrar um tema para o seu projecto final de curso, “que resultou no protótipo da plataforma GreenHub, desenvolvido sob a orientação do professor doutor João Paulo Fernandes“, conta. A eles juntaram-se mais investigadores: Bruno Carvalho, da Universidade de Coimbra, Fernando Castor, da Universidade Federal de Pernambuco, e Simão Melo de Sousa, da Universidade da Beira Interior. “Os restantes elementos que integram a equipa possuem conhecimentos e uma vasta experiência em Data Mining e interesse em Green Computing“, diz Hugo.

Por enquanto, a BatteryHub está apenas disponível para dispositivos Android. Para o futuro, a equipa de investigadores espera conseguir um “volume significativo de dados, de forma a possibilitar o recurso a técnicas de análise de machine learning e data mining“, confessa o fundador.

Faz gosto no nosso Facebook:



Artigos Relacionados:

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *